Rede de espaços de acolhimento empresarial do Alandroal – Zona Oficinal de Terena

 

Promotor –Câmara Municipal de Alandroal

 

Descrição do Projeto:

Tendo como base o diagnóstico do concelho, bem como os seus pontos fortes e fracos, foi delineada uma estratégia de intervenção assente na captação de investimento produtivo e industrial para o concelho de Alandroal como forma de criar riqueza, postos de trabalho e fixar pessoas. Esta captação de investimento tinha como alvo preferencial os concelhos limítrofes com atividade industrial associada ao sector das rochas ornamentais. Tratava-se de uma oportunidade de negócio na medida em que as Zonas Industriais dos concelhos de Vila Viçosa, Borba e Estremoz encontravam-se parcialmente esgotadas e, por isso, o preço de mercado do metro quadrado atingia valores muito elevados, inclusivamente, proibitivos para a maioria dos investidores.

O primeiro projeto a ser materializado, decorria o ano de 2002, foi a construção da Zona Industrial de Alandroal - 2ª Fase com capacidade para a instalação de 30 indústrias, mas onde apenas se instalaram 3 indústrias e 2 armazéns até ao presente momento. No ano de 2007 iniciou-se a infraestruturação de outro loteamento, na freguesia de Santiago Maior, que previa a instalação de 10 lotes e que foi concluído no final de 2010.

Tendo em conta o número de lotes vendidos até ao presente momento na Zona Industrial de Alandroal (2ª Fase), o número de lotes disponíveis e a colocar à venda, neste momento, na Zona Industrial de Santiago Maior (10 lotes) e o cenário atual de contração económica considera-se necessário reformular o modelo inicialmente definido e que previa a construção de mais uma Zona Oficinal na Vila de Terena, a 2ª fase da Zona Oficinal de Santiago Maior e a infra estruturação da 1ª fase da Zona Industrial de Alandroal. Apesar dos princípios da estratégia de desenvolvimento se manterem, não poderemos deixar de lhe conferir a dinâmica necessária e o enquadramento desejável no panorama regional e nacional atual. Neste momento e no contexto atual, considera-se que apenas existe espaço/procura para uma Zona Oficinal a localizar estrategicamente na Vila de Terena, concelho de Alandroal, de forma a beneficiar da atratividade estratégica do eixo de desenvolvimento da EN 255 que liga a Zona dos Mármores a Reguengos de Monsaraz. Esta Zona Oficinal terá uma dimensão inferior à de Santiago Maior, e dada a sua localização intermédia entre a ZI de Alandroal e a ZO de Santiago, deve ter características específicas que possibilitem a sua diferenciação no apoio à instalação de pequenas unidades empresarias e oficinas, aqui também com uma ligação importante ao sector agrícola.

 

Objetivos do Projeto:

·         Criar condições de atratividade ao investimento privado, dentro e fora do concelho (empreendedorismo);

·         Apostar na oferta de terrenos de dimensões médias e a custos baixos (abaixo dos preços de mercado) e com grande qualidade de infraestruturas;

·         Promover um ambiente empresarial competitivo e inovador;

·         Impulsionar a cooperação intermunicipal e a criação de parcerias público-privadas como forma de garantir a sustentabilidade a médio e longo prazo dos investimentos.